Siga-nos:

Avaliação

 

A coerência ou não, entre o discurso e a prática de uma instituição escolar, pode ser claramente observada pela maneira como avalia. A Comunitária busca essa coerência trazendo para a prática avaliativa os seus princípios filosóficos e pedagógicos, concretizando-os em ações como:

• Não é apenas o aluno e sua aprendizagem que são avaliados. A avaliação é um processo de dupla direção, onde se avalia a aprendizagem realizada pelo aluno e o ensino proporcionado pelo professor. Nesse sentido, avaliamos a aprendizagem do aluno também para adequar a ajuda e a intervenção pedagógica do professor às necessidades do aluno, e não simplesmente para classificá-lo; avalia-se, portanto, para buscar de várias maneiras, conhecer melhor o aluno, tanto no que se refere a como ele aprende, como às suas questões motivacionais, sua disponibilidade para aprender, suas atitudes diante do trabalho e das pessoas com quem convive na Escola; avaliar é assim, um ato de inclusão e não de exclusão; a avaliação está presente em todos os momentos e situações de ensino-aprendizagem e não apenas no final do processo, quando o aluno não tem mais tempo para refazer seu percurso e localizar onde está a dificuldade; a prova não é o único instrumento para conhecer o nível e a qualidade da aprendizagem. Toda atividade, seja escrita, oral, individual, em grupo, feita na sala de aula ou em casa, traz dados para o professor conhecer o aluno e poder avaliar e  intervir adequadamente;

• Outro recurso extremamente importante no processo de avaliação é a auto-avaliação do aluno. Essa prática coloca o aluno em contato com suas facilidades e dificuldades, fazendo refletir sobre suas necessidades, como sujeito de seu processo de aprendizagem. Não é só ao professor que interessa a avaliação, mas ao próprio aluno, que vai percebendo também nesta prática, o sentido do desenvolvimento de uma relação de autonomia.

Com o intuito de favorecer o processo de ensino aprendizagem de nossos alunos e de manter uma ação única e coerente entre a escola e a família realizamos entrevistas trimestrais, individuais com os pais. Elas são realizadas dentro do período normal de trabalho dos professores, em horários fixados previamente. É extremamente importante a presença e participação dos pais e alunos neste momento, pois a troca de dados e observações enriquecem o conhecimento e o trabalho com o aluno.

Sempre que a Escola ou os pais sentirem necessidade de marcar outras entrevistas, estas acontecerão também no período de aula e poderão ser agendadas pessoalmente com a professora ou através da agenda da criança.


Todos os direitos reservados • ECC • Desenvolvido por W2F Publicidade