•  

Siga-nos:

Comissão Solidariedade

                                                                           “Solidariedade é o amor que fica.”

                                                                                       D. Guiomar de O. Albanesi

 

A vida de cada ser humano é normalmente envolta a muitos afazeres, perspectivas, planejamentos, metas... Uma correria sem fim!

Assim em meio a um turbilhão de acontecimentos seguimos nosso caminho como deve ser!

Entretanto não são raras as vezes em que nos deparamos com problemas sérios, reais, comoventes, gritantes... Alguns destes mobilizam países, há um grito de socorro ao mundo, como por exemplo nas grandes catástrofes naturais – verdadeiras tragédias.

Porém há outros “menores”  que envolve um indivíduo, uma família, uma determinada região, um bairro... Sobretudo não é menos urgente ou comovente, é uma situação séria, que nos faz parar, refletir, e não menos agir!

Coexiste em nosso coração uma indignação com os problemas alheios, nos fazendo cooperar, ajudar, entrelaçar as mãos e nos engajarmos para fazer algo melhor em prol do outro. E isso é um ato de amor solidário.

É doar-se sem esperar nada em troca, incondicionalmente.

E assim, todos os dias, devemos empreender ações que visem ensinar e, sem dúvida, aprender e reaprender a viver solidariamente.

Então, nesse pensar, no ano de 1998 as atividades da Comissão Solidariedade na ECC tiveram início.

A equipe era promissora, e estava decidida a desempenhar o lado solidário de cada um, abrangendo mais gente. Afinal “a união faz a força”.

Neste início de trabalho foi muito importante a dedicação e o apoio dessas pessoas:

* Maria Clotilde Correa Curado – Profª de Física {in memorian};

* Lourdes Castro de Freitas Leitão – Profª de Matemática {aposentada};

* Sandra Galli – Coordenadora do Curso Fund. 1 {diretora pedagógica};

* Maria Cristina M. Cruz – Aux. de Coordenação do Curso Infantil;

* Maria Fernanda Caselli Pinto – Assistente Social e Coordenadora da Comissão Solidariedade.

Assim a Comissão Solidariedade começou a caminhar, e em suas primeiras ações programadas, foi fundamental a iniciativa e colaboração de muitos alunos, que participaram com bastante entusiasmo.

Nos anos 1999 a 2001, apesar da pouca idade, a Comissão Solidariedade já se sentia bastante fortalecida, iniciando alguns projetos, em parceria com a FEAC- Federação das Entidades Assistenciais de Campinas.

Contar com essa parceria foi o primeiro grande passo, pois juntas promovemos a interação entre jovens da ECC e outros estabelecimentos de Ensino da cidade de Campinas, que eram oriundas de diferentes contextos, com o objetivo de uma ação cidadã que pudesse integrar as comunidades, despertando a todos para o trabalho voluntário de cidadania.

Dessa maneira vinte jovens de cada escola escolhida encontraram-se ao longo do ano de 1999, participando de atividades de integração e de criação em torno da questão da cidadania, e também da montagem de brinquedotecas para entidades assistenciais a partir de oficinas de consertos de brinquedos usados e doados.

O resultado deste trabalho foi enriquecedor e envolveu muitos alunos, professores e funcionários da ECC. Promovemos uma Oficina de Brinquedos, fazendo primeiro uma arrecadação interna de brinquedos usados e recuperando-os. Formamos kits com os brinquedos recuperados que foram doados para as seguintes entidades: Vovô Nestor, SETA, Lar dos Velhinhos, Lar da Criança Feliz e Centro Municipal de Reabilitação da Criança e Adolescente.

Em outubro de 1999 realizamos uma reunião com pais e alunos participantes desse projeto e, tivemos a presença de Vinícius Garcia, nosso ex-aluno, que deu ênfase a importância do trabalho voluntário, relatando ainda o trabalho que desenvolve numa ONG, onde orienta e procura dar suporte para pessoas com deficiências físicas. Este encontro marcou e proporcionou uma conscientização ainda maior em todas as pessoas envolvidas com a formação da Comissão Solidariedade da ECC.

No ano de 2000 demos início ao primeiro grande projeto da ECC. Foi em parceria com a FEAC – Federação das Entidades Assistenciais de Campinas, com a orientação de Márcia Beatriz, Assistente Social desta instituição.

Maria Clotilde, nossa professora de Física, idealizou o Projeto Lobato – Leituras e leitores. Leitura e Cidadania -  Montar bibliotecas e desenvolver a formação de leitores em entidades e instituições, em regime de parceria.

Clotilde dizia e justificava que a Comissão Solidariedade precisava marcar seu trabalho, dirigir as ações, concentrar seus recursos e aproveitar nossos talentos, desejos e manias. Assim, A Comissão Solidariedade optou por trabalhar com a creche Dom Nery, no bairro Taquaral em Campinas, com o objetivo de implantar uma biblioteca e desenvolver um trabalho de formação de leitores.

A partir destes primeiros marcantes passos, a Comissão Solidariedade amadureceu e seguiu até os dias de hoje desenvolvendo inúmeros trabalhos, sempre em benefício do próximo.

Algumas atividades fixaram-se no nosso trabalho anual. Aprendemos a administrar algumas ações que tornaram-se uma constante, caracterizando-se como tradição.

 

*Barraca da Solidariedade na Festa Junina da ECC

Todos os anos esta barraca brilha em nossa festa. Recebemos doações de doces e salgados de alunos, pais , professores. O lucro desta barraca é para cobrir todas as ações que a Comissão Solidariedade desenvolve no decorrer do ano. É a nossa única fonte de renda.

Os alunos do infantil e do fundamental I participam intensamente deste momento. Nos últimos anos estes alunos elaboram em sala de aula: bolos, doces, capuccino, etc, pintam potes, enfeitam caixas para colocarem as guloseimas e doam para serem vendidos na Barraca Solidariedade.

Alunos do Ensino Médio, Grêmio, pais, funcionários e professores voluntariamente se oferecem para trabalhar na barraca, no dia da festa. É uma barraca alegre, cheia de energia e boa vontade, por parte de todos que ali depositam esperança de viver solidariamente sempre.

 

*Festa Junina no Lar dos Velhinhos

A Comissão Solidariedade em parceria com os alunos representantes de classe da ECC promovem  uma Festa Junina no Lar dos Velhinhos de Campinas. Em uma tarde do mês de junho, os alunos levam lanche, enfeites, e muita disposição para dançar, conversar e principalmente serem solidários com os idosos desta instituição.

É um momento único! È lindo ver alunos adolescentes conduzindo e até mesmo dançando com cadeirantes, conversando animadamente, servindo o alimento ofertado, e às vezes alimentado-os de acordo com suas possibilidades.

A cada ano, este grupo de alunos consegue ofertar à instituição algum tipo de doação: alimento, fraldas ou produtos de higiene.

 

*Dia da Criança

Em parceria com os alunos representantes de classe do curso fundamental II e Ensino Médio, a Comissão Solidariedade participa de um projeto para a comemoração deste dia.

Nos últimos anos a Instituição ARCA – Amor e Respeito à Criança e ao Adolescente – localizada no bairro Padre Anchieta, Campinas, tem sido a beneficiada deste evento.

Os alunos preparam gincanas, oferecem lanche, sorvetes e presentes para as crianças. Organizam-se para duas festas: os alunos que estudam no período da tarde, promovem a festa na ARCA no período da manhã, e os alunos que estudam no período da manhã, promovem a festa na ARCA no período da tarde.

Há um grande envolvimento entre os nossos alunos e as crianças da Instituição: jogam bola no campo, participam das gincanas idealizadas por nossos alunos, brincam de cabeleireiro, dançam, cantam e conversam, concretizando esta ação tão rica de aprendizado para todos os envolvidos.

Pertencentes a universos tão diversos, os alunos da ECC e as crianças da ARCA se preparam para este dia com entusiasmo. As crianças recepcionam seus visitantes com danças e canto. O acolhimento é alegre e sem barreiras. Nossos alunos sem apresentar nenhuma dificuldade aceitam o acolhimento e se entregam de corpo e alma neste momento.

 

*ACHADOS e PERDIDOS

Doação de uniformes, material escolar e todo tipo de objetos que são armazenados no setor “Achados e Perdidos”da ECC.

É muito grande o volume de roupas e todo tipo de coisas que se avoluma no decorrer do ano neste setor. Camisetas, agasalhos, material escolar de todo tipo, óculos, celulares, brinquedos, lancheiras, carteiras, etc...

No mês de dezembro, estes itens são divididos e doados pela Comissão Solidariedade para algumas instituições.

Embora esta doação seja bem aproveitada, entregue para instituições que realmente precisam das doações, todos os cursos da ECC trabalham junto aos alunos, a necessidade de perceberem e valorizarem suas perdas.

 

*NATAL

Desde o início da formação da Comissão Solidariedade esta é uma data sempre comemorada com uma campanha envolvendo toda a Escola.

Nos início, a campanha pedia a doação de um brinquedo novo e um pacote de bolacha. Nos últimos anos pedimos somente um brinquedo novo. As doações nos anos: 2000 a 2006 foram para a AMIC – Associação dos Amigos da Criança.

A partir do ano 2007, a Comissão Solidariedade destinou as doações para diversas entidades. Por exemplo, em 2008 a Campanha de Natal foi para o movimento HOSPITALHAÇOS. Em 2009 fizemos as doações para o Centro Boldrini.

A Comissão Solidariedade nestes anos de atuação beneficiou inúmeras pessoas que solicitaram colaboração para a compra de remédios, cadeiras de rodas, material de construção... Colaborou com famílias carentes doando dinheiro, móveis, utensílios diversos, roupas e enxovais de bebê. Esteve sempre presente nos momentos difíceis de funcionários, socorrendo em despesas médicas, amparando-os após enchentes, falecimento de familiares, e tantos outros momentos.

É importante registrar também as diversas campanhas realizadas em todos os anos de atuação da Comissão Solidariedade. Campanhas de arrecadação de livros usados, de alimentos, de brinquedos usados, de produtos de limpeza e higiene.

*** Clique aqui para acessar a Galeria de Fotos da Comissão Solidariedade***


Todos os direitos reservados • ECC • Desenvolvido por W2F Publicidade