Siga-nos:

Comunitária Esportes

 

Atividades oferecidas em 2019

 

MODALIDADE

TURMA

DIA

HORÁRIO

LOCAL DA ATIVIDADE

VAGAS

Basquete
 

T1 – 3º ao 5º ano 3ª e 5ª feira 18h40 às 19h40 Quadras do F1 Vagas 
disponíveis

Basquete
 

T2 – a partir do 6º ano  3ª e 5ª feira 19h às 20h Ginásio Vagas 
disponíveis

Escolinha
de Lutas

T1 - 1º e 2º anos
 

3ª e 5ª feira

13h20 às 14h20

Ginásio/ Sala Espelhada

Vagas
disponíveis

Escolinha
de Lutas
T2 - 1º e 2º anos 3ª e 5ª feira 18h40 às 19h40 Quadras do EF1 Vagas
disponíveis

 

Futsal

T1 - 2º e 3º ano

2ª e 4ª feira

13h30 às 14h30

Ginásio

Vagas
disponíveis

Futsal

T2 - 4º e 5º ano

2ª e 4ª feira

13h30 às 14h30

Ginásio

Vagas
disponíveis

Futsal

T3 - a partir do 6º ano - EF2

2ª e 4ª feira

13h30 às 14h30

Ginásio

Vagas
disponíveis

Futsal

T4 – 2º e 3º ano

2ª e 4ª feira

18h40 às 19h40

Quadras do F1

Vagas
disponíveis

Futsal

T5 – 4º e 5º ano

2ª e 4ª feira

18h40 às 19h40

Quadras do F1

Vagas
disponíveis

Futsal

T6 – a partir do 6º ano - EF2

2ª e 4ª feira

19h às 20h

Ginásio

Vagas
disponíveis

Futsal (Novo)

T8 – EM 6ª feira 14h às 15h Ginásio Vagas
disponíveis

Futsal (Novo)

T9 – EM 6ª feira 17h às 18h Ginásio Vagas
disponíveis

Futsal
Feminino

T7 -  a partir do 6º ano

3ª e 5ª feira

19h às 20h

Ginásio

Vagas
disponíveis

Ginástica 
Rítmica

T1 – 1º ao 5º ano 4ª e 6ª feira 13h20 às 14h20 Sala Espelhada Vagas
disponíveis

Ginástica 
Rítmica

T2 –  1º ao 5º ano 3ª e 5ª feira 18h40 às 19h40 Ginásio Vagas
disponíveis

Mini 
Volei

3º ao 5º ano

2ª e 4ª feira

18h40 às 19h40

Ginásio

Vagas
disponíveis

Multiesportes

1º e 2º anos do EF1

2ª e 4ª feira

18h40 às 19h40

Quadras do F1

Vagas
disponíveis


 

Descrição das atividades da Comunitária Esportes
 

Basquete

É um esporte coletivo que estimula diversas capacidades motoras, e pode ser iniciado em idades bem precoces, podendo ser jogado em qualquer ambiente. A prática do basquete traz muitos benefícios físicos e emocionais para as crianças:  melhora da coordenação motora, aumenta a concentração e rapidez de reflexos, desenvolve a agilidade e as habilidades locomotoras, fortalece o sistema cardiovascular e melhora a resistência muscular. Além disso, a prática do basquete incentiva a sociabilidade, ajuda a agir com rapidez, tomar decisões e resolver situações-problema; incentiva a autonomia das crianças e também as ajuda a se sentirem parte de um grupo.

Durante o processo de iniciação, com crianças de 07 a 10 anos, enfatiza-se a familiarização com o equipamento esportivo, a exemplo da bola (através do seu peso, rigidez, da sua capacidade de quicar, do seu tempo de voo), da altura da cesta/distância e do tamanho da quadra. Os fundamentos específicos são introduzidos de forma lúdica e adaptada, dando preferência aos movimentos amplos e naturais. Progressivamente são introduzidos os jogos coletivos, observando-se espaço, regras e números de jogadores. Nesse momento, alguns conceitos, regras e fundamentos mais específicos do Basquetebol podem ser aprimorados, a exemplo de bater bola, driblar, passar, conduzir e arremessar, já contextualizados dentro dos objetivos do esporte.

A partir de 11 anos, aumenta-se o repertório de jogos regrados e estratégias, além de propiciar aos alunos a tomada de decisões, que no Basquetebol já envolve várias situações de jogo formal, de marcação, de confrontos, de posicionamentos, de colaboração, oposição e de organização tática.

Participações: jogos amistosos e campeonatos com instituições que dialoguem com nosso objetivo de entender o esporte dentro de um contexto pedagógico e educacional.

 

Escolinha de Lutas 

A Escolinha de Lutas foi criada com o objetivo de oportunizar aos alunos, de maneira inclusiva, a prática das Lutas, independentemente das limitações ou vivência anteriores. Os conceitos trabalhados durante as aulas possibilitam o aprendizado dos aspectos técnicos e também auxiliam no desenvolvimento motor, cognitivo, afetivo e social. Todas as influências culturais das diversas modalidades de Lutas são valorizadas e aproveitadas nas atividades propostas, tornando as aulas uma misto de esporte, lazer, cultura, saúde e educação.

As diversas disputas com desequilíbrio, imobilização ou exclusão, jogos com técnicas de lutas ou oposição, jogos de rapidez e atenção, jogos de conquista de objetivos, jogos de conquista de território, jogos de desequilíbrio, jogos para reter, imobilizar e livrar-se, descaracteriza a prática de lutas como algo violento, diferenciando a luta de briga, ganhando os jogos e as brincadeiras um papel importante neste contexto.

Os conteúdos desenvolvidos em aulas serão distribuídos a partir das características específicas de cada modalidade, possibilitando uma maior organização didática, facilitando o entendimento dos alunos praticantes:
 

 Curta distância 

 Média distância

 Longa distância

 Judô 

 Kung fu

 Kendô

 Sumo

 Boxe

 Esgrima

 Greco romana

 Taekwondo

 

 

 Características                           

 Características

 Características

 Desequilibrar

 Tocar

 Tocar (intermédio de implemento)

 Rolar

 Golpear

 Manipular (implemento)

 Projetar

 Mãos, braços e cotovelos

 

 Cair

 Pernas, joelhos e pés

 

 Controlar

 

 

 Excluir

 

 


 

Futsal

O futsal busca desenvolver, através de uma formação adequada, as habilidades técnicas e táticas específicas da modalidade, na qual o aluno exercitará suas capacidades cognitivas de percepção, antecipação e tomada de decisões. A partir dos movimentos básicos como correr, saltar e rolar, o aluno vai se aprimorando de modo que aprenda a fazer os gestos técnicos específicos. O equilíbrio, ritmo, coordenação e noções de espaço e tempo são primordiais para o aprendizado técnico individual do futsal.

Respeitando as fases do desenvolvimento da criança e com a devida moderação na fase de iniciação, os professores introduzem os fundamentos técnicos com atividades lúdicas para melhorar a aprendizagem, e a ausência de posicionamento definido na quadra é muito importante, pois muitas informações podem atrapalhar a criança no seu desenvolvimento. No aprimoramento da modalidade e da categoria, os fundamentos específicos, as regras e situações de jogo são aplicados progressivamente. Aumenta a compreensão de que a "intenção tática" (o que deve ser feito) vem  antes da "modalidade técnica" (como deve ser feito), de modo que as ações escolhidas pelos alunos estejam de acordo com a antecipação das ações que os adversários pretendem aplicar.

O futsal na escola tem uma formação básica, desenvolvendo as habilidades físico-mentais: consciência corporal, coordenação, flexibilidade, ritmo, agilidade, equilíbrio, percepção espaço-temporal e descontração. A maioria dos movimentos é realizada de posse da bola, como o domínio, o controle, a condução, o chute, o cabeceio, o passe, o drible e a proteção. Existem também os movimentos realizados sem a posse da bola, como a finta, a marcação e a antecipação. Aquele que finta, marca e antecipa não está de posse da bola, mas sempre tem o objetivo de estar de posse da bola ou de pelo menos tocar nela. Existem também os movimentos utilizados pelos goleiros como empunhaduras, defesas baixas, defesas altas, arremessos, lançamentos, saídas de gol, domínio, passe, recepção, chute.

Participações:

  • Liga Campineira Futsal
  • Copa Integração Futsal
  • Copa pedagógica de Futsal
  • Jogos amistosos

 

Ginástica Rítmica

A Ginástica Rítmica, GR, é uma modalidade esportiva que combina movimentos corporais com a manipulação dos aparelhos (corda, arco, bola, maças e fita) de maneira harmoniosa demonstrando graciosidade, agilidade e expressão artística.  As coreografias podem ser individuais ou em conjuntos, sempre com acompanhamento musical.

A GR desenvolve a coordenação motora, flexibilidade, equilíbrio, consciência corporal e força entre outras capacidades físicas importantes para o desenvolvimento infantil.

Além do desenvolvimento físico dos praticantes, também melhora o desenvolvimento cognitivo, através da criação e exploração dos movimentos, estimulando a atividade cerebral, o trabalho em equipe que desenvolve a cooperação e colaboração com o grupo ampliando o sentido da coletividade, e a autoestima e confiança através das apresentações em público.

 

Mini Volei

O mini voleibol é um método simples e adaptado para o ensino de voleibol e foi especialmente desenvolvido para as necessidades de crianças de 8 a 13 anos. É desempenhado por duas equipes, sempre com menos de seis jogadores cada equipe, com ações complexas reduzidas a situações de jogo simplificadas, correspondentes ao atual estado de desenvolvimento dos alunos. É um jogo completo, de fluxo livre, que expressa gestos naturais. Além disso, é adequado para iniciantes que ainda não estão prontos para o voleibol regular.

As regras são adaptadas ao nível real de habilidade dos jogadores e podem incluir: número reduzido de jogadores, segurando a bola, fundamentos simplificados, tamanho reduzido de quadra, altura reduzida da rede, entre outros. Como envolve menos de seis jogadores por equipe, quando joga, há um maior número de contatos com a bola durante uma prática, o que também é uma ótima vantagem dessa modalidade.

As vantagens de praticar esse esporte pela criança podem ser verificadas tanto nos aspectos físicos e   cognitivamente, quanto nos aspectos morais e afetivos. No plano da psicomotricidade, desenvolve destreza, coordenação, capacidade de resposta, velocidade e domínio sobre si mesmo. No plano moral, desenvolve um espírito de apoio, ajuda e facilita a interação social progressiva.

Participações: jogos amistosos e campeonatos com instituições que dialoguem com nosso objetivo de entender o esporte dentro de um contexto pedagógico e educacional.

 

Multiesportes

O Multiesportes tem como objetivo proporcionar de forma lúdica e variada a vivência em diversas práticas corporais esportivas coletivas, individuais e de aventura. A modalidade contribui para o enriquecimento do repertório motor, respeitando os níveis e fases de aprendizagem, privilegiando o lúdico nas diversas atividades realizadas em diferentes contextos.

As regras dos conteúdos abordados são simples, alterando as dimensões dos espaços,  contendo pequenos jogos, atividades em equipe e desafios de forma coletiva e individual, proporcionando um melhor convívio social, conhecendo as possibilidade e seus próprios limites  e incentivando a desafiá-los.

Eventos: durante o ano os pais são convidados a participarem de atividades com seus filhos ou assistirem a algum trabalho que foi desenvolvido na modalidade

 
Saiba Mais:
 

Inscrições

Valores da anuidade e formas de pagamento

Informações dos Materiais e Uniformes  

 

 

 

 


Todos os direitos reservados ECC Desenvolvido por W2F Publicidade