Pular para o conteúdo

Hoje é um dia muito especial para a nossa escola. Esse é o momento de agradecer e celebrar com toda a comunidade escolar os 45 anos da Escola Comunitária de Campinas! 

Vamos iniciar essa pequena solenidade cantando o hino da Escola Comunitária de Campinas. Gostaria que prestassem atenção à sua letra. 

O hino da ECC é lindo, não é? Que a gente sempre veja a ECC como possibilidade de renascer, assim como diz o hino:

“Nossa escola, nossa esperança,

Sempre um novo amanhecer.

Sonho adulto, alma criança,

Todo dia pra renascer.”

E por que viemos para esse espaço público?

A Lagoa do Taquaral é um dos espaços públicos mais democráticos da nossa cidade, recebe todas as pessoas. A ECC tem um um “C” que é Campinas e o fato da caminhada ser realizada aqui é uma forma da Comunitária se fazer presente para a cidade de Campinas. A Comunitária é uma referência em Educação para a nossa cidade, contribuindo há 45 anos com seu Projeto Político Pedagógico, que preza pela construção do conhecimento e por uma educação que se efetiva na convivência democrática. 

Ao longo desses 45 anos muitas escolas surgiram na cidade de Campinas e a Comunitária manteve a sua identidade, o seu protagonismo e o seu pioneirismo no âmbito educacional. 

A Comunitária muda a cada tempo, inova e transforma a sua proposta pedagógica para atender as demandas do presente. Porém, mantém os mesmos princípios e valores que a constituem desde a sua fundação, os quais estão presentes nesse cartão que vocês estão recebendo, contendo mensagem da ECC e de cada aluno e aluna. Os cartões foram produzidos a partir de reflexões que fizeram no último dia 7 de novembro e exprimem o que a ECC nas suas vidas de estudantes.

E por que fazemos uma caminhada para comemorar o aniversário da ECC de 45 anos?

Reunir a comunidade escolar para uma caminhada tem todo um simbolismo para a Escola Comunitária.

Nos primeiros anos de existência da ECC, em 1983,  um grupo de mães, pais, alunas(os), professoras(os) e funcionárias(os), liderados por D. Amélia Pires Palermo, nossa Professora Emérita, caminharam do prédio provisório no qual ainda funcionava parte da ECC, próximo ao Estádio do Guarani, até o prédio atual da Escola, ato que simbolizou essa importante conquista da mudança definitiva para a sede própria da Escola Comunitária de Campinas.

Imaginem uma escola que de fato surgiu do sonho e do desejo das pessoas daquela época. 

Na convocação para a caminhada, em 1983, Vanda Braga escreve em forma de poema:

“Venha também!
No nosso caminhar

Você é alguém

Que não pode faltar

 

Parte da jornada 

Já foi cumprida

De quase nada começou a nossa vida

Mas havia garra, dedicação

E certeza no coração.”

Com muito trabalho e união esse sonho se tornou real, habitando o nosso imaginário e se perpetuando na letra do hino da nossa escola.

Cito um trecho do discurso de D. Amélia proferido na chegada  da caminhada, em frente ao portão da ECC:

“Participar da caminhada é acreditar num tipo de educação onde todos se sintam responsáveis. É acreditar que educação se faz através da palavra, do gesto, e principalmente através de atos. Atos simples, pequenos, porém carregados de significados. É acreditar em certos valores – humanização das pessoas, num trabalho feito com seriedade e na construção de uma vida mais comunitária, portanto menos individualista.”

Gostaria nesse momento de agradecer às pessoas que nos antecederam e possibilitaram que a escola existisse e chegasse até aqui.  Um agradecimento especial à D. Amélia, que sempre nos inspira e alimenta o sentimento bom de saudade daqueles que como eu tiveram o privilégio de conviver e trabalhar com ela. 

Que consigamos manter o mesmo sentimento de pertencimento como D. Amélia escreveu em 1983, se referindo à Caminhada:

“Interessante que nenhum espetáculo foi montado para a inauguração da Escola porque ninguém precisava assistir a nada: todos nós éramos os atores.”

Agradeço muito a cada um de vocês que faz a Comunitária acontecer hoje, assentando novos tijolos da construção desse projeto para os que ainda virão. É assim que a Comunitária segue em frente e mantém a sua qualidade e os seus valores. 

Vida longa à nossa querida ECC!

VIVA A ESCOLA COMUNITÁRIA DE CAMPINAS!

Marcos Roberto Marcio 
Diretor Pedagógico