Pular para o conteúdo

Por Betina Mantoan

Ontem (30), os alunos dos 9ºˢ anos do Ensino Fundamental 2 montaram uma exposição de lambe-lambe no corredor principal do curso. A atividade faz parte do estudo do uso dos cartazes de lambe-lambe na arte urbana, durante as aulas de Artes Visuais, e visa incentivar os alunos a ocuparem espaços da Escola com suas expressões artísticas.

A iniciativa partiu de um convite da coordenação e orientação do Ensino Fundamental 2 e pretende se tornar uma atividade anual.

Esta primeira instalação dos lambe-lambes foi efetuada nesta semana para que os trabalhos pudessem ser vistos na Festa Junina da ECC, que acontecerá neste sábado, 03 de junho.

O projeto foi inspirado pela afirmação do artista James Lee Byers, fundador do The Reality Club e da publicação eletrônica Edge.org. Byers propôs que devemos reunir pessoas em uma sala e encorajá-las a fazer perguntas umas às outras. Foi a partir dessa ideia que surgiram as questões disparadoras “Que pergunta você se faz e gostaria de compartilhar ou perguntar para as outras pessoas?” e “Que imagem você poderia criar para acompanhar sua pergunta?”

A partir dessas questões, os alunos foram desafiados a criar uma imagem que acompanhasse a sua pergunta, estimulando o desenvolvimento da criatividade e da expressão visual. Para isso, utilizaram técnicas de colagem, desenho e pintura. 

Depois de finalizados, os trabalhos foram fotografados pela professora de Artes Visuais Ana Helena Grimaldi, e impressos na gráfica da Escola.

“Com essa iniciativa, a Escola busca valorizar a expressão artística dos alunos e incentivá-los a ocupar espaços de forma criativa e significativa, contribuindo para o desenvolvimento integral de cada estudante e promovendo uma educação mais abrangente e enriquecedora”, diz Ana Helena. 

[agni_gallery img_caption=”yes” lightbox=”custom-gallery” type=”1″ column=”1″ img_url=”16791,16792,16793,16794,16795,16796,16797,16798,16799,16800″]?Ákilla Magalhães