Pular para o conteúdo

Por Betina Mantoan

No início deste mês, dia 01 de setembro, estudantes dos 7ºˢ anos estiveram na cidade de São Paulo para visitar o Museu da Língua Portuguesa e a Pinacoteca, em um trabalho interdisciplinar entre Língua Portuguesa e Artes Visuais. O principal objetivo é possibilitar um contato mais direto e dinâmico com conteúdos já tratados em sala de aula.

O estudo do meio proporcionou aos estudantes uma experiência no universo da linguagem e da arte. No Museu da Língua Portuguesa, os alunos puderam explorar as diversas exposições interativas que celebram a riqueza e a diversidade da língua portuguesa, promovendo uma nova compreensão sobre a importância cultural e histórica do idioma.

“Dedicado à valorização e difusão do nosso idioma, o Museu da Língua Portuguesa faz uso da tecnologia e de suportes interativos para construir e apresentar seu acervo. O público é convidado para uma viagem sensorial e subjetiva, apresentando a língua como uma manifestação cultural viva, rica, diversa e em constante construção”, conta a professora de Artes Visuais Magaly Farias.

Após essa rica experiência linguística, os estudantes tiveram a oportunidade de se aventurar pelos corredores da Pinacoteca, museu de artes visuais com ênfase na produção brasileira do século XIX até a contemporaneidade. Lá, eles se depararam com uma vasta coleção de obras de arte, incluindo pinturas, esculturas e instalações contemporâneas. 

Com o intuito de ampliar o repertório cultural, os alunos conheceram a primeira mostra panorâmica no Brasil de uma das artistas latino-americanas mais relevantes da sua geração: a artista portenha, Marta Minujín. A mostra articula mais de cem obras de Marta, de 1963 até hoje.

Os estudantes foram acompanhados pelo professor de Língua Portuguesa Stenio de Carvalho e pela professora de Artes Visuais Magaly Farias.

[agni_gallery img_caption=”yes” lightbox=”custom-gallery” type=”1″ column=”1″ img_url=”17840,17841,17842,17843,17844,17845,17846,17847″]?Magaly Farias